;

quinta-feira, 30 de abril de 2009

quarta-feira, 29 de abril de 2009

I Maratona de Arraiolos

Esta foi a primeira maratona de Arraiolos organizada pelo Núcleo Cicloturismo de Arraiolos, onde o Sobe e Desce Team se fez apresentar com o João Marques, Daniel Cochicho, Vítor Catambas, Pedro Guerra, Carlos Merino, José Júlio e o Carlos Birlo.
A partida a caminho da Arraiolos foi cerca das 7h:40m, já que esta vila se situa bastante perto. À chegada foi tempo de levantar os dorsais mesmo no centro da vila, num jardim onde seria a partida e chegada da maratona, e onde os dorsais do pessoal SDT já se encontravam todos juntos, o que facilitou muito o seu levantamento. No habitual saco de ofertas, vinha só uma T-shirt, mas também para o preço que se pagou não se poderia exigir mais…
Seguidamente deslocamo-nos de carro até à escola, onde seriam os banhos. Rapidamente nos apressamos a equipar, pois já era muito perto da hora da partida e ainda teríamos que nos deslocar novamente até ao dito jardim que ainda ficava longe da escola.

Na chegada ainda não havia uma localização definida da partida, os participantes ainda se encontravam em grupinhos a guardar. Posteriormente lá foi dada pela organização uma indicação do local que pensavam ser o correcto para a partida! E por acaso era muito perto do local onde nos encontrávamos, o que nos deixaria bastante perto dos lugares da frente, mas posteriormente, e após o pessoal estar todo junto e pronto para a partida, houve indicação que afinal a partida seria feita do lado oposto, o que já nos deixava nos últimos lugares. Lá mudamos a direcção das bikes, quando houve outra indicação que seria para o lado que inicialmente estaríamos… e toca novamente a mudar as bikes e a ficar novamente na frente. Mas como não há duas sem três nem três sem quatro, toca a virar novamente e então à quarta foi de vez e nós nos últimos lugares…

Com tanto “vira vira”, dentro da hora lá foi dada a partida desse mesmo jardim que se tornara apertado para tantos participantes, cerca de 300 e ainda por cima com uma curva… Após começarmos a pedalar em direcção a um percurso com duas variantes, um de 40km e outro de 70km, rapidamente esquecemos o sucedido na partida com as magnifícas paisagem alentejanas, barragens, ribeiros e ainda um single trak espectacular. Os dois percursos, de 70km e dos 40km, foram muito rolantes, com poucas subidas e curtas, à excepção do último quilometro que tivemos direito a uma subida bastante inclinada até ao castelo de Arraiolos, com passagem à volta das muralhas e uma descida vertiginosa por dentro da localidade até à meta. Em todo o percurso a sinalização/marcação esteve impecável, até mesmo na passagem de algumas estradas de alcatrão os "Geninhos" e o pessoal da organização foram sempre constantes e prestáveis. Abastecimento o quanto baste.

No final do percurso dos 40km (42km) com 180 participantes a terminar este percurso chegou o C. Birlo em 31º; J. Júlio 35º; J Marques 36º; D. Cochicho 45º e o P. Guerra 71º.
Nos 70km (72km) com apenas 72 participantes a concluírem este percurso chegou o C. Merino no 8º e o V. Catambas em 15º.
(ver classificações dos 70km)

Após a chegada do pessoal SDT foi tempo de fazer mais 2km até onde era a escola e estavam os carros, para depois um banho de água a ferver. Finalmente chegou a parte melhor, que foi o almoço que foi servido no pavilhão multiusos,e após o habitual self service nos sentamos em mesas redondas, nas quais já se encontravam pão e algumas entradas. O prato principal foi uma bela de uma canjinha, febras assadas, salada e batatas fritas, regado com imperial, vinho e sangria. Um belo almoço!! No final assistimos à entrega dos prémios e ao sorteio de alguns objectos, entre eles uma bike... ao J.Marques foi sorteado um almofada típica dos tapetes de Arraiolos.

Está de parabéns esta organização pela excelente maratona, simpatia, e preço que se pagou, para tanta qualidade.

Ps- Deste vez não tivemos fotógrafas, nem tempo para tirarmos fotografias :-(

sexta-feira, 24 de abril de 2009

4ª Maratona de Estremoz

Esta foi a maratona da nossa terra, organizada pelo CCE, e que contou com cerca de 400 participantes e que serviu para finalmente reunir todo o pessoal do Sobe e Desce. Ninguém quis perder esta maratona e apresentamos algumas cara novas, ainda que uns rigorosamente equipados com o actual equipamento SDT e os restantes que aguardam a chegada dos novos para o mês que se aproxima onde esperamos no dia 24/05 fazermos novamente a nossa aparição a 100%, mas desta vez todos de uniforme igual no nosso passeio.

Os elementos do SDT presentes foram o Luís Santana, Vítor Catambas, Carlos Merino, Nelson Santos, Jorge Pereira, Pedro Ramalho, Jorge Silva, João Garcia, Marco Lourenço, Pedro Guerra, Daniel Cochicho, Luís Dias, João Dias, Paulo Marques, João Marques, Ricardo André, Carlos Birlo e José Júlio. Apesar de estarmos presentes a 100%, houve pessoal que não se escreveu com o nome de SDT, o que nos fez perder o prémio de maior equipa presente na maratona.

O ajuntamento foi combinado para as 8:00 horas no nosso ponto de encontro habitual (café "O Telheiro"), pois já tínhamos levantado os dorsais no dia anterior. À medida que o pessoal foi chegando deslocamo-nos para o local da partida para a tiragem da foto da praxe, pelas fotografas Lúcia, Vera, Nice e Rosália. Posteriormente também prestaram serviço de abastecimento para o pessoal SDT dos 30/60km, assim como alguns familiares. Antes da partida lá tiramos a foto, onde a estrada se tornou apertada para os 18 elementos presentes.

A partida foi dada 5minutos antes da hora marcada, com o percorrer de uma volta pela cidade, e depois então em direcção ao campo de futebol, onde seria o km 0. Uma das grandes dificuldade que se adivinhava era a lama, pois nos dias anteriores à prova choveu bastante, mas felizmente no dia da maratona fomos premiados com um bonito dia de sol.

Esta maratona contou com 375 bttistas que concluíram a maratona, divididos em dois percursos o 30km (35km) e o 60km (65km). A dificuldade seria a dureza do percurso escolhido pela Serra d’Ossa, principalmente os 60km com muito acumulado de subidas (1500m), e que já tinha sido reconhecido oito dias antes por nós. Qualquer dos percursos foi muito bem escolhido pela sua diversidede paisagística, desde a passagem por sobreiros, descidas muito técnicas, subidas curtas e inclinadas, subidas longas e duras, passagem por zonas mais fechadas pelos eucaliptos, zonas de pinheiros e passagem ao lado de uma barragem com uma vista espectacular, e é claro a subida desde as “ferrarias” até ao castelo de Estremoz, que já tem sido habitual em anteriores maratonas.

Todo o percurso bastante bem marcado e sinalizado, excepção para a entrada em Estremoz e à semelhança do ano anterior o CCE falhou com a falta de pessoal na passagem da estrada nacional, bem como dentro da cidade para alertar os automobilistas que por ela circularam durante a maratona.
Nas zonas de abastecimento não faltava nada, até existia uma promoção a uma bebida energética, que por sinal não era grande coisa.

No final dos 30km onde concluíram 192 participante, a classificação SDT foi a seguinte:
27º J. Garcia; 31º J. Silva; 45º P. Marques; 73º P. Guerra; 99º L. Dias; 116º L. Santana; 160º N. Santos.

Nos 60km com 183 participantes a ordem de chagada do STD: 10º C. Merino; 14º R. André; 27º V. Catambas ; 47º; J. Marques; 51º J. Dias; 63º C. Birlo ; 77º M. Lourenço; 86º J. Júlio; 96 º P. Ramalho; 139º D. Cochicho e 153º J. Pereira.
(ver aqui classificação geral)

Após a chegada do pessoal foi altura de um merecido banho, pois a lama era mais que muita. Depois veio a segunda parte da maratona que era o combate ao almoço, que foi servido na Manuel do Cantinho, onde sentados aguardamos que nos servissem com rapidez uma sopa, lombinhos com batatas fritas e arroz com ervilhas, salada de fruta e claro muito vinho e cerveja. Durante o almoço presenciamos a demonstração de dois grupos de dança e ouvimos a boa disposição da Fátima Gambutas que foi entretendo o pessoal, e onde quase todos os elementos presente na maratona se fizeram acompanhar com as respectivas namoradas/mulheres/filhos e assim formamos no final uma família…, a família SDT, pois é onde somos realmente bons é nas pedaladas do convívio e boa disposição.


Vidio BTT-TV

Mais fotos no nosso album

sábado, 18 de abril de 2009

Sobe e Desce Team distinguido

A Ipsis Verbis entendeu distinguir os jovens que andam pela blogosfera com o prémio “Manifesto Jovens que Pensam” e, neste âmbito, o autor do blogue " Estremoz Revisited "(um dos felizes contemplados) escolheu, entre outros, o “Estremoz Revisited” como um dos que eram merecedores de tal distinção.Gostaria de salientar a magnífica iniciativa da Ipsis Verbis e de agradecer ao “Kruzes Kanhoto” por ter presenteado este blogue com tal galardão.Ditam as regras que quem recebe o prémio tem a responsabilidade de o atribuir a outros e, assim, entendi distinguir alguns dos blogues realizados por jovens que visito diariamente e que, na minha opinião, têm qualidade
E os vencedores são... Rota d'Ossa ; Gambutas Team ; Compedalada ; Merino-BTT ; A belotinha ; Cagaréus ; Estremoz Soeiro


Regras: 1. Exiba a imagem do prémio 2. Poste o link do blog que o premiou 3. Indique dez blogs para fazerem parte do “Manifesto Jovens que Pensam” 4. Avise os indicados 5. Publique as regras

quinta-feira, 9 de abril de 2009

V edição Trilhos e Courelas (Vendas Novas)

Sobe e Desce Team continua muito activo nestas ultimas semanas, e para manter essa regularidade desta vez deslocamos-nos até há terras das bifanas, para a V edição Trilhos e Courelas em Vendas Novas como participação dos estremocenses STD Pedro Guerra, João Marques, Paulo Marques, Carlos Merino, João Garcia e o José Júlio.
A manha começou as 6:00 da matina, onde desta vez o ponto de encontro foi no bairro de Mendeiros. Com a colocação das nossas meninas nas barras dos carros, onde um deles teimava em não dar, mas rapidamente se resolveu o caso pela troca de outro e assim saímos em direcção a Vendas Novas. A chegada fomos logo levantar os dorsais sem qualquer problema, onde no habitual saco de brindes vinha um t-shirt, um porta-chaves um sumo e uma barra.

Rapidamente nos apresamos a equipar para partirmos da frente pois pelo número de inscrições era elevado, com cera de 600 participantes divididos em três percursos 25km,55km e 85km. Na primeira partida fomos os primeiros a nos colocar na parte traseira da carrinha que nos iria guiar um quilómetro mais há frente até há partida verdadeira, com tudo isto acabamos por ficar mais a traz.

A partida foi dada com os habituais atrasos, onde o percurso foi o inverso do ano passado, onde já calculávamos que seria muito rápido, pois já lá tínhamos marcado presença o ano anterior com três elementos, mas apesar do gráfico deste ano da altemitria parecer um pouco duro...
Rapidamente começamos a rolar com grande média, onde o pó foi sempre presença constante, bem como muitos regos e rastos de tractores da das águas das chuvadas anteriores, passagem por ribeiras, muita descidas, grandes estradões com subidas muito curtas e o aparecimento de algumas paredes que no final fez disparar o acumulado (cerca de 900m para os 55km e 1300 para os 85km), mas que há chegada nem demos por ele, pois a media de velocidade era elevada.
O percurso esteve bem marcado, devidamente assinalado/marcado com as zonas de abastecimentos quanto baste.

No final dos 55km onde participaram 335 bttistas ficou o J. Garcia em 60º com o tempo 2h:46m, com o mesmo tempo o J. Marques em 62º, o J. Júlio chegou uns segundos logo a seguir em 67º, o P. Marques veio em 115º posição com 3h:03m e o P. Guerra 166º com 3h:17m.

Nos 85km com 99 participantes apenas esteve o C. Merino que concluiu a prova em 3h:30m no 15º lugar.

Album de fotos

Após o banho de agua quente e lavagem das nossa menina foi tempo de carne de porco no espeto, muita imperial e boa disposição no almoço servido na escola, onde a simpatia do pessoal da organização foi 5 estrelas, e em quando ao mesmo tempo em Estremoz estava o pessoal da taça de Portugal em BTT a sofrer na Serra d'Ossa. A próxima será a de Estremoz, onde o SDT estará a100%

quarta-feira, 1 de abril de 2009

II Maratona de Mora

Esta foi a segunda edição da maratona de Mora, organizada pelo grupo Pedais do Raia, e a segunda onde o Sobe e Desce se fez representar com um grande número de elementos á semelhança do ano passado, desta vez com o João Dias, Daniel Cochicho, Carlos Merino, João Garcia, João Marques, e os futuros SDT Pedro Guerra, Jorge Silva e José Júlio, que aguardam pela vinda do novo equipamento.

Alguns familiares/namoradas, também quiseram nos acompanhar e apoiar em mais uma maratona, foram eles a Lúcia, Nice, Ana Lúcia e os filhotes do J. Marques, o Bruno e o Pedro.

A partida foi marcada para as sete da matina num ponto de encontro combinado por toda a comitiva Estremocense, mas para variar com alguns atrasos, lá fomos em direcção a terra da areia.
Á chegada foi tempo de levantamento dos dorsais, sem qualquer demoras ou confusões, onde no habitual saco de brindes vinha unicamente um prato de barro com a data da maratona, mas não se pode exigir muito pois só pagamos 8 euros de inscrição para esta maratona.

Após nos equiparmos e prepararmos as nossa máquinas, numa manhã que se apresentou muito fria para o tempo que se fez sentir nos dias anteriores, mas com o habitual divertimento e boa disposição, fomos aquecendo até perto da hora da partida, onde poucos ainda lá estavam, e á semelhança de provas anteriores conseguimos ficar mesmo quase na frente. Antes foi o habitual briefing e após 5 minutos da hora marcada foi dada a partida em direcção aos dois percursos de 40km e os 80km, onde a maior dificuldade que se adivinhava era as grandes quantidades de areia propícia desta zona e também propícia a quedas...

No total os participantes eram 280 inscritos que concluíram a prova, participando no percurso dos 40km 207 e apenas 55 nos 80km. Percurso com pouca altimetria, algumas subidas curtas, passagem por alguns ribeiros para não fugir á regra, diversidade paisagística e zonas para rolar a grandes velocidades, onde além da areia o vento foi mais um duro inimigo. Tudo isto num percurso bem marcado/assinalado, zonas de abastecimento quanto baste, nas passagens de estrada de alcatão existiu sempre GNR e pessoal da organização.

Á chegada dos 40km, o J. Dias foi o primeiro SDT em 33º com 1h:47m, logo de seguida com o tempo de 1h:51m foi o J. Marques em 48º, o J. Júlio em 49º, J. Silva 51º, J. Garcia 52º, 7 minutos depois foi o D. Cochicho em 71º , e com 2h:14m o P. Guerra em 114º. (ver classificações dos 40km)
Nos 80km, o único SDT foi o Merino onde mostrou o seu actual bom momento de forma, chegando no excelente 6ºlugar com 3h:00m. (ver classificações dos 80km)

Após a chegada foi tempo de um merecido banho com água bem quentinha na escola básica e após reposição das forças tempo de irmos procurar um local para almoçar, já que o almoço no ano anterior não fora grande coisa. Só o D. Cochicho por motivos particulares e o Sacarabos por já ter o almoço pago não estiveram presentes para um belo e bem servido almoço, onde o resumo da bela maratona e peripécias estiverem sempre em assunto.
Parabéns á organização desta maratona, pela simpatia e disponibilidade apresentada.
fotos ABTfotos

Próximo domingo será a vez da deslocação até há terra das bifanas.
Sobedesceteam@gmail.com
;